Guiné-Bissau

 

Guiné-Bissau


Um dos mais agitados países dos PALOP, é também um dos

mais pobres e de menores dimensões (36 125 km2), com mais

de 1 360 000 habitantes, em grande parte muçulmanos. Depois de

uma guerra civil de 11 anos, experimentou alguma acalmia,

mas sem progresso económico, que foi ainda mais afetado entre

1998 e 1999, quando ocorreram violentos conflitos político-militares,

que fizeram descer a produção agrícola e mergulharam o país numa

crise de que ainda não vê saída. Possui uma dependência alimentar

enorme e um atraso tecnológico maior, com um escasso e depauperado

tecido industrial. Possui alguns recursos minerais por explorar, como

acontece com a pesca, uma das suas riquezas, a par das potencialidades

turísticas. Regista de há muito elevados fluxos migratórios,

não apenas para fora do país, mas também em termos de êxodo

rural, com profundas alterações de ordem social.