S. Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe

 

O mais pequeno dos PALOP (1001 km 2 ) é composto por

duas ilhas e tem cerca de 165 mil habitantes, com uma

densidade populacional elevada (164,8 habs/km2 ).

A maior parte da população vive nas mesmas condições

em que vivia há 30 anos, sem infraestruturas sanitárias

e habitações precárias. Depois de uma economia

centralizada e de modelos governamentais fortemente

intervencionistas, assistiu-se, desde os anos 80, a

uma liberalização económica do país, mas sem

grandes resultados, apesar dos esforços na área

da agricultura (cacau) e do turismo, principais fontes

de receita do PIB são-tomense. Cerca de 40% da

população é tecnicamente pobre, com um rendimento

inferior a um dólar americano por dia, em média,

num país com uma elevada dívida externa e baixa

produção. Este cenário parece no entanto poder

vir a mudar, já que foram avaliadas enormes

potencialidades para o país na produção de petróleo

no seu off-shore , o que abre grandes esperanças aos

são-tomenses, mas uma vizinhança difícil

com a poderosa Nigéria.